Super Bock, Super Bock Free, Super Bock Coruja e Vitalis receberam nove prémios em diferentes categorias no XXII Festival do Clube Criativos Portugal. A campanha ´Super Doc´ da Super Bock Free, que prestou um tributo durante a primeira fase da pandemia a todos os profissionais de saúde que se encontravam na linha da frente no combate à Covid-19, foi a mais premiada.

A campanha ´Super Doc´, criada pela agência O Escritório, arrecadou quatro prémios: prata em Meios-Campanha Integrada Multimeios e Integração e Inovação – B. Inovação e bronze nas categorias Experiência de Marca – Relações Públicas Campanha B2C e Integração e Inovação – Projeto Integrado. A cerveja sem álcool da Super Bock é produzida através de um processo de desalcoolização que possibilitou à marca produzir álcool gel desinfetante para as mãos, que foi oferecido a unidades hospitalares do país, numa ação de apoio ao Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A Super Bock Coruja, com a edição especial de realidade aumentada, conquistou o ouro na categoria ´Design – Packaging. Rótulo´ e o bronze na categoria Digital e Social - Experiência Digital. The Caver, Contra, Frame, Glam, Kruella, MAR, Mário Belém, Mosaik e Samina foram os artistas que fizeram parte da reinterpretação de Coruja e criaram os nove rótulos personalizados dedicados à arte urbana, que têm associada uma experiência de realidade aumentada. O projeto foi desenvolvido em colaboração com a agência Solid Dogma.

A garrafa exclusiva Vitalis x Mantraste, assinada por Lord Mantraste, foi distinguida com o prémio bronze na categoria ´Design – Packaging. Rótulo´. Uma peça de arte e uma homenagem ao movimento paralímpico português. Um projeto igualmente desenvolvido em colaboração com a agência Solid Dogma.

A Super Bock Original foi galardoada com duas distinções: prata para “25 anos de Inspiração” na categoria Publicidade - Filme e bronze pela campanha #UmAmigoQueTemUmAmigo na categoria Meios - Causas Sociais e Bem Público/Responsabilidade Social Corporativa.