O Autêntico passou em revista as últimas projeções para 2021, provenientes de diferentes quadrantes, e preparou uma espécie de ranking das tendências mais proeminentes para este ano, a par dos desafios inerentes ao contexto de pandemia que se vive no mundo. Da chegada da tão almejada “bazuca” dos fundos europeus ao início do desejado plano de vacinação contra a COVID-19, a «Recuperação económica», a «Retoma», a «Saúde», a «Vacina» ou a «Esperança», vão ser as palavras do léxico de 2021? “À prova de um novo confinamento”?

Enumerámos algumas das principais tendências globais e tendências no turismo, com a ambição de inspirar o seu negócio.

 

TENDÊNCIAS GLOBAIS QUE TRAÇAM O PERFIL DO NOVO CONSUMIDOR

. O TEMPO É UM INGREDIENTE DE SUCESSO DO NEGÓCIO

Num passado recente perdiamos um dia inteiro para ter uma reunião de uma hora. Nesta dimensão de tempo, as reuniões online vieram para ficar e há uma tendência clara para a generalização do trabalho remoto. Em 2021, muitos trabalhadores vão continuar a adaptar e personalizar os seus próprios horários laborais. Estaremos perante um profissional e consumidor mais eficiente e produtivo? Que valoriza o tempo de maneira diferente?

 

. PESSOAS E EMPRESAS MAIS SOLIDÁRIAS?

A nível pessoal, as pessoas sentem hoje, mais do que nunca, uma necessidade crescente de estarem junto de quem mais gostam e de ajudarem os outros à sua volta. De um ponto de vista do negócio, a pandemia intensificou a expetativa que os consumidores têm em relação à responsabilidade social das empresas. Em 2021, os negócios vão ter de reforçar o seu propósito solidário e de responsabilidade social.

 

. CONSUMIDOR MAIS CONSCIENTE DO QUE É REALMENTE IMPORTANTE?

Em 2021, continuará a haver um foco crescente na família e no bem-estar! As pessoas vão focar-se no que é realmente importante a nível pessoal e profissional. É um ano propício a mudanças drásticas, como mudar de emprego ou mudar de casa para um sítio mais isolado.

 

. AS PESSOAS VÃO GRAVITAR PARA NOVOS AMBIENTES. AS CIDADES VÃO TER DE SE REINVENTAR

É expectável que este ano exista um crescimento do mercado imobiliário nas zonas periféricas, menos povoadas ou até mesmo rurais. Com todos os constrangimentos de trânsito, poluição, entre outros, as pessoas vão gravitar para novos ambientes, mais tranquilos. Os grandes centros urbanos vão ter de se reinventar, criando mais espaços verdes e condições que promovam o distanciamento social.

 

. VAI NASCER UMA GERAÇÃO MAIS RESILIENTE?

Marian Salzman, trendspotter e senior VP of global Communications da Philip Morris International, projetou num webinar sobre tendências para 2021 [Fonte: Marketeer] que “vamos ter de aprender a ser resilientes” e que nas famílias e nas escolas, “vamos tentar ensinar a tenacidade, tal como ensinamos outras competências”.

 

. SEGURANÇA E SUSTENTABILIDADE: NOVOS HÁBITOS DE CONSUMO

Produtos e serviços que considerem na sua proposta de valor a saúde e o impacto ambiental ou social vão ser mais valorizados pelos consumidores. Ligado à sustentabilidade, as pessoas estão a optar por uma alimentação mais saudável e este ano existirá um maior esforço na reutilização de resíduos; no plano da segurança, as experiências turísticas vão ter de manter rigorosos cuidados de higiene, mesmo num pós-pandemia - a segurança na saúde vai influenciar cada vez mais as escolhas dos consumidores.

 

. EXPERIÊNCIA CONTACTLESS

As nossas vidas têm vindo a migrar para a realidade virtual. A digitalização vai continuar, quer ao nível de soluções para o consumidor/turista, quer para as empresas. Haverá um aumento de serviços que permitam ao consumidor uma experiência contactless, assim como se manterá a necessidade de delivery, com foco na melhoria do serviço ao cliente.

 

“PORTUGAL ALINHADO COM AS TENDÊNCIAS MUNDIAIS DE SUSTENTABILIDADE, SOLIDARIEDADE E DIGITAL”

Rita Marques, secretária de Estado do Turismo, destacou algumas das principais tendências e objetivos no Turismo, no debate “Oportunidades de Negócio e Principais Tendências no Turismo em 2021”, que decorreu numa emissão live nas redes sociais da Portugal Ventures:

 

Turismo mais verde e sustentável [green tech for tourism]. É uma “tendência do amanhã” segundo Rita Marques, “uma área de muito interesse e investimento do Turismo de Portugal”.
Stimulance experience. “Viagem sem fronteiras” através de soluções digitais e tecnológicas, associadas à biometria, gestão espacial da informação ou sistemas de pagamento sem contacto [contactless]. É outra das tendências.
“Hotel do futuro”. “Pretendemos criar uma unidade hoteleira do futuro ancorada nas nossas escolas de turismo e que possa ser um test pilot para tudo o que são soluções inovadores na área do turismo”.

 

No que se refere à promoção do destino, a secretária de Estado do Turismo posiciona Portugal como “um destino com valores alinhados com as tendências mundiais de sustentabilidade, solidariedade e digital”.

 

3 GRANDES DESAFIOS EM 2021

Mesmo com o início do plano de vacinação, continua a haver muitos “ses” neste momento, agravados com um segundo confinamento geral. Um dos grandes desafios em 2021 é a inevitável SEGURANÇA, quer de um ponto de vista de saúde, quer de um ponto de vista financeiro. As pessoas vão procurar maior estabilidade e segurança poupando mais dinheiro e vão optar sempre pelas experiências que garantam cuidados de higiene. Os negócios necessitarão de fazer da segurança uma proposta de valor para convencer os clientes.

Outro desafio é o da CONFIANÇA. Os novos tempos exigem uma atitude de permanente confiança no controlo da pandemia, num futuro mais promissor e no valor da nossa oferta no mercado. Estimular a confiança dos seus colaboradores com sinais de renovada esperança neste período dificil fará a diferença no espírito e força de equipa. A nível global, a retoma do turismo começa com a recuperação da confiança dos mercados em relação ao nosso destino.

O terceiro desafio que destacaríamos é o da FLEXIBILIDADE. É importante estar preparado para reinventar modelos de negócio, flexibilizar estruturas, procurar novos mercados e aprofundar a utilização das novas tecnologias e dos canais digitais.

2021 será, seguramente, um ano de desafios, que irá exigir uma atitude de confiança, espírito de sobrevivência e capacidade de adaptação!

 

Fontes: Marketeer; Ambitur